Recomendações

(4,341)
Gustavo Sarabando
Gustavo Sarabando
Comentário · há 23 horas
Críticos do apenamento carcerário existem em todo o mundo. São eles, geralmente, acadêmicos com enorme e respeitável conhecimento teórico do Direito, mas que limitam sua visão ao mundo idílico e surreal das ideias, na segura perspectiva das universidades. Assim, costumam eles viver isolados da nua e cruel realidade do lado de fora dos muros dos "campi" universitários.

Além disso, intelectuais como os mencionados no artigo costumam pertencer aos altos estratos da sociedade à qual pertencem, bem como vivem, em sua maioria, em países desenvolvidos, cuja criminalidade é mantida sob controle. Desta feita, a visão deles costuma ser muito dissociada da realidade fática do Brasil e das pessoas marginalizadas, na medida em que eles assistem às nefastas consequências de suas teorias em camarotes blindados, transformando o Judiciário e a sociedade em sádico laboratório intelectual.

Cumpre frisar que os países desenvolvidos – de onde geralmente advêm esses intelectuais, como dito – via de regra mantêm dura política de repressão ao crime, inclusive com prisões perpétuas, de forma que discussões como a do artigo ficam adstritas – como devem ser – ao mundo acadêmico. No entanto, nós, no Brasil, muitas vezes vemos tais ideias como "revolucionárias", como se pudessem ser a milagrosa solução para nossa estarrecedora criminalidade. Tratam, assim, a vida e tranquilidade do cidadão de bem como um joguete, uma mera abstração, plenamente sacrificável em prol de ideologias surreais e defasadas.

De fato, a esquerda ama o povo, mas despreza o indivíduo.
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Hyago

Carregando

Hyago de Souza Otto

Entrar em contato